Por equipes do FBES e da cooperativa EITA

É com muita alegria que agradecemos a todas as pessoas que se juntaram com contribuições, mobilização e energia a este mutirão pelo financiamento colaborativo do projeto #cirandasnoface (http://catarse.me/cirandasnoface) !

Conseguimos aprovar o projeto com a contribuição e a energia de centenas de pessoas, individual e coletivamente. Foram contribuições individuais, chapéus nas conferências, nos fóruns, nas organizações, na Feira de Santa Maria. Cada apoio foi valioso e tivemos uma arrancada inacreditável nos dias finais do projeto. Agora é comemorar e botar as mãos na massa.

Vamos dar início agora ao desenvolvimento do aplicativo da economia solidária para o Facebook, que vai permitir que a economia solidária se dissemine e fique visível neste espaço com a nossa cara, do nosso jeito e atingir um público maior pelas redes sociais.

Esta ferramenta será gratuita e estará disponível para qualquer usuária e usuário do facebook que se identifique com o movimento de economia solidária. Ela vai permitir que os conteúdos, atividades e produtos da economia solidária no Cirandas.net sejam disponibilizados de forma criativa e simples nas timelines e páginas do facebook.

O total arrecadado foi de R$26.984,00 (26.559,00 pelo catarse e 435,00 em depósito direto) , e portanto ultrapassou em mais de R$3.000,00 o valor da primeira meta (veja o orçamento em http://catarse.me/cirandasnoface)! Com este recurso a mais, a cooperativa EITA vai desenvolver mais uma novidade: adaptar o cirandas para celulares e tablets! Isso facilitará muito o uso prático do cirandas por parte da quantidade crescente de pessoas que usam este tipo de aparelho em todo o Brasil. Para o desenvolvimento do aplicativo da Economia Solidária para o Facebook, já iniciamos um novo pequeno estudo e estamos detalhando as ideias para fazer com que ele seja útil, dinâmico e prático para todas e todos que querem ver a economia solidária bombar e superar o capitalismo.

Durante o desenvolvimento da ferramenta, vamos convidar cada pessoa que contribuiu financeiramente ou em mobilização nesta campanha para dar suas sugestões e dizer suas impressões da proposta que formos desenhando. Se tudo correr bem, conseguiremos ter o aplicativo pronto em uns 3 meses, e seu lançamento público ainda antes do final deste ano.

Projetos como este mostram que temos força e ousadia com iniciativas que melhorem o nosso movimento, e que podemos contar com a militância de pessoas de todo o país!

Este será um projeto que nos dará muito prazer em fazer, pela energia de mutirão e coletividade que está embutida! Abraços,

equipes do FBES (http://fbes.org.br) e da cooperativa EITA (http://eita.org.br)