Fonte: Maria Luiza Moretzsohn Gonçalves Ramos (luiza@seap.gov.br)

Informamos que as entidades que acabam de ser contratadas para o desenvolvimento dos cursos de alfabetização e qualificação profissional do Plano de Formação e Valorização do Pescador são: o Instituto de Estudos, Pesquisas e Projetos da Universidade Estadual do Ceará (IEPRO) e a Fundação Estadual da Universidade do Ceará (FUNECE).

Diante do exposto, solicitamos apoio aos Fóruns a fim de mobilizar profissionais para participação nesse processo seletivo de contratação no âmbito do Plano de Formação e Valorização do Pescador.

Os currículos dos interessados devem ser encaminhados para o e-mail: iepro@iepro.org.br, aos cuidados do Sr. Ricardo Freitas até o próximo dia 21 de novembro (quarta-feira).

Aproveitamos para informar que a lista de pescadores selecionados nos Estados, para participação dos cursos, encontra-se na página da SEAP (www.presidencia.gov.br/seap), no link “Plano de Formação e Valorização do Pescador”.

Salientamos que não será a SEAP que selecionará nem receberá os currículos.

A participação dos Fóruns é fundamental para a mobilização de bons quadros profissionais para atuação nos cursos, tanto que está previsto no perfil do instrutor que deverá ser contratado que o mesmo integre e atue na Rede do Fórum de Economia Solidária.

Perfil dos/as instrutores/as em Economia Solidária

Contratação de instrutores (ou equipe) em quantidade suficiente para atender todas as turmas de qualificação profissional para ministrar 40 horas do Módulo de Economia Solidária:

Perfil

Profissional de nível médio ou superior, com experiência prática e vivência em economia solidária, organização de empreendimentos coletivos, associativos e cooperativos autogestionários;

Integrar e atuar na Rede do Fórum de Economia Solidária. Disponibilidade e autonomia para viagens, facilidade de comunicação.

Conhecimento da realidade sobre o setor pesqueiro, inserção e conhecimento da região que se destina a atuar.

Funções Mínimas

Ministrar o módulo sobre economia solidária com carga horária de 40 horas, dividida em 5 (cinco) aulas presenciais de 8 horas, sendo a carga horária máxima semanal de até 24 horas, utilizando para tanto a Apostila Economia Solidária da Série Plano de Formação e Valorização do Pescador, da SEAP;

Elaborar, junto aos alunos, diagnóstico das potencialidades e vocações econômicas locais, identificando as oportunidades e demandas para o fortalecimento da produção local, construir em conjunto com os alunos, com base na realidade local, o perfil de um Agente de Desenvolvimento Local;

Desenvolver ações relacionadas ao controle modular da freqüência dos alunos, consolidando as informações em um Relatório Modular de Freqüência e desenvolver ações de registro de atividades e avaliação, consolidando as informações em um Relatório de Atividades e Avaliação.

Remuneração hora/aula mínima

R$ 40,00 (quarenta reais) líquidos, excluindo os encargos trabalhistas.