Nota de repúdio diante da indicação de Secretário Interino Nacional de Economia Solidária

Enviado por Secretaria-Executiva do FBES

NOTA DE REPÚDIO

O Fórum Brasileiro de Economia Solidária vem a público manifestar seu repúdio diante da nomeação do secretário interino de Economia Solidária do Ministério do Trabalho, Natalino Oldakoski, conforme publicação no Diário Oficial da União de 08 de junho de 2016.

Encontros Regionais de Economia Solidária: esperanças em tempo de crise

Xx Por Secretaria-Executiva do FBES

A partir de hoje inicia-se o Encontro Macrorregional Nordeste, primeiro dos mais quatro encontros subsequentes do Fórum Brasileiro de Economia Solidária, que tem por objetivo rediscutir a ação do movimento de economia solidária, repensar e refletir os três últimos anos da Política Pública de Economia Solidária e construir ações que consolidem a articulação, bem como construir e organizar os fundamentos da VI Plenária Nacional de Economia Solidária de grande importância para a Região.

Intimidade devassada: a vítima também é você

Por Rafael Evangelista (outraspalavras.net/brasil/intimidade-devassada)

Grampo em telefonemas entre Lula e Dilma é ponta de iceberg: vigilância e controle disseminaram-se na sociedade, praticados por polícia e empresas. É hora de banir estes abusos!

As escutas telefônicas e a interceptação das comunicações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidente Dilma Rousseff, conduzidas pela Policia Federal e divulgadas com fins políticos pelo juiz Sérgio Moro em ação legalmente duvidosa, trazem à tona alguns pontos fundamentais para discussão. Ao menos três aspectos, intimamente relacionados, se destacam neste episódio. São eles: a propagação de dispositivos de vigilância; a segurança de dados e suas comunicações; e a democratização dos meios de comunicação.

Carta Aberta do XIII Encontro Nacional do Fórum Brasileiro de Economia Solidária

Postado por Secretaria-Executiva do FBES

Diante da atual situação em que se encontra o país, para além de pensar as políticas públicas inclusivas que perderam espaço, hoje corremos o risco de ter nossa democracia brasileira tão jovem desfeita. Neste sentido, a Coordenação Nacional do Fórum Brasileiro de Economia Solidária, que esteve reunida de 15 a 17 de março de 2016, em Luziânia (GO), deixa sua posição em relação a este momento – vamos à luta pela democracia brasileira e pela democratização dos meios de comunicação.

CARTA ABERTA

XIII Encontro Nacional do Fórum Brasileiro de Economia Solidária

Luziânia, 17 de março de 2016.

Diante da atual conjuntura política que o país está vivenciando, nós Fórum Brasileiro de Economia Solidária nos posicionamos a favor da Democracia Participativa.

Fórum Brasileiro reúne nesta semana sua Coordenação Nacional e Executiva

Por Secretaria-Executiva do FBES

Fortalecer a atuação e incidência do Fórum Brasileiro de Economia Solidária-FBES – este é um dos objetivos pelo qual a Coordenação Executiva está reunida hoje em Luziânia, Goiás. A partir de amanhã (15/03) junta-se as/os representantes da Coordenação Nacional do FBES para refletir a conjuntura interna e externa e a condução de propostas para este período. Também será tema fundamental deste encontro a construção das bases da VI Plenária Nacional de Economia Solidária. Em linhas gerais o objetivo da reunião é:

Secretaria Nacional de Economia Solidária corre risco de ser extinta

Por Marcela Reis (http://abong.org.br/)

Reforma ministerial ameaça pôr fim à pasta. Movimentos ligados à pauta protestam

“Consideramos a Economia Solidária a novidade instaurada como uma nova política pública e uma agenda positiva frente às interrogações que a crise internacional e seus reflexos nacionais nos impõem, tais como a ofensiva reacionária e conservadora que vem produzindo as condições para um golpe.”

Organização do consumidor será a nova prioridade do Projeto Esperança / Cooesperança

Por Maiquel Rosauro, Jornalista (MTb/RS 13334)

Economia solidária, alimentos saudáveis, agroecologia, segurança alimentar, consumo consciente e organização do consumidor foram os eixos debatidos na Conferência Regional dos Direitos Humanos, realizada sábado (27), em Santa Maria. O encontro ocorreu no Centro de Referência em Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter e reuniu autoridades, agricultores, técnicos e jovens produtores.

Carta Enviada da Coordenação da SENAES ao FOPES – 18/02/2016

Por Equipe da SENAES (senaes@mte.gov.br)

Seguem alguns elementos para análise da situação atual da SENAES no Ministério do Trabalho e Previdência Social:

1. O processo de reforma administrativa promovido pelo Governo Federal faz parte de um contexto mais amplo de ajuste fiscal diante de um quadro de arrefecimento da economia com redução da arrecadação e de uma crise política amplamente e criminosamente midiatizada que colocou o Governo em situação de defensiva diante de forças retrogradas de oposição ao país. Entre outras medidas, o Governo reduziu o número de ministérios, promoveu fusões e estabeleceu parâmetros de cortes no número de secretarias e de cargos comissionados. As medidas atingem em diferentes graus todas as áreas de governo, incluindo aqueles ministérios/órgãos que não foram extintos ou passam por processo de fusão.

Arquivos

Pin It on Pinterest